O potencial do IIoT para a gestão de manutenção

A Internet das Coisas (IoT) veio mudar a forma como interagimos com o mundo. Diz respeito exatamente àquilo para que remete, isto é, à capacidade de habilitar certos aparelhos ou objetos de uma conexão permanente à Internet.

 

Por ser tal a utilidade da IoT, quando aplicada a um contexto industrial, ela ganha uma nova conotação: IIoT – Industrial Internet of Things. Aplica-se, por exemplo, aos sensores e tecnologias NFC que podem ser instalados nos equipamentos. O uso de sensores para monitorizar equipamentos, o big data e data analytics, a inteligência artificial ou o recurso a robôs para executar tarefas rotineiras, são alguns exemplos que demonstram que a era digital está presente na vida de muitas empresas.

 

A grande vantagem desta conexão reside no papel que os sistemas de informação assumem, recolhendo dados em tempo real para fomentar a tomada de decisão. A IIoT representa um avanço na capacidade de prever falhas, permitindo agir antecipadamente de forma a aumentar a disponibilidade dos equipamentos, a otimizar o seu tempo de vida útil e a reduzir os custos de reparação.

 

Estas tecnologias de conectividade utilizadas são amplamente aplicáveis à atividade de manutenção, mais concretamente à manutenção preditiva ou preventiva. A manutenção preditiva consiste na monitorização da atividade dos equipamentos, através de tecnologias que medem um conjunto de parâmetros como a vibração, temperatura, pressão ou consumo de óleo, acompanhando em tempo real o desgaste ou a degradação de componentes. Os dados enviados por esses sistemas mostram as condições de funcionamento dos equipamentos e respetivo desempenho.

 

Desta forma, a monitorização através de sistemas preditivos permite conhecer em detalhe o funcionamento de cada um dos equipamentos, estabelecer padrões e prever comportamentos. Esse processo será capaz de reduzir custos e melhorar a qualidade do produto final.

 

A Internet of Things (IoT) e Industrial Internet of Things (IIoT) começa a ganhar cada vez mais terreno e atravessamos uma fase em que os decisores já estão conscientes das necessidades de mudança. Através da medição de uma série de parâmetros associados a componentes, máquinas e sistemas, é possível obter dados que ajudam a construir modelos de previsão da condição dos equipamentos.

 

Da mesma forma, concentrar toda a informação relacionada com a atividade de manutenção num software de manutenção é igualmente essencial para alcançar a máxima rentabilidade do investimento efetuado.

 

Quer ser uma empresa de manutenção do futuro? Conheça hoje mesmo o software de manutenção inteligente da Valuekeep.

Agendar uma demo


Artigos em destaque:


Blog

Como tirar partido da indústria 4.0 na Manutenção

Atingir o pleno potencial da indústria 4.0 consiste num conjunto de estratégias que envolve toda a organização e que possui várias etapas.

Saber mais

Blog

A importância do software CMMS na manutenção 4.0

Os sistemas de gestão como o CMMS asseguram o controlo global das operações de manutenção e, por isso, são um grande aliado para as empresas.

Saber mais

Blog

O que é a Manutenção 4.0?

Acompanhar o retorno de investimento dos equipamentos e ultrapassar fronteiras de comunicação são algumas das vantagens da indústria 4.0.

Saber mais

Blog

Redução de custos através da previsão de falhas ou avarias

A manutenção preventiva é um tipo de manutenção que consite em realizar intervenções para prevenir falhas e avarias nos ativos e instalações.

Saber mais

AGENDAR UMA DEMO

Simplifique a manutenção da sua empresa.

Comece já!

Agende uma demo e saiba tudo sobre a nossa solução.

Agendar demo
Schedule a Demo